Uo Katsu. Surpresa!

31/03/2010

 

Quinta-feira 18 de março, era a data para uma viagem mais do que esperada com 8 amigos de infância. Mala por terminar, documentos para organizar e dona Rosinha chegando em São Paulo. Mesmo assim decidi almoçar com o Conrado, que já não via há algum tempo e ficaria mais algum sem ver!

Quando passou em casa sugeri ir conhecer um restaurante japonês indicado pelo Osmar Romano, o mesmo que me indicou o Tenda do Nilo já presente nesses arquivos. Fomos então procurar o Uo Katsu Sushi Bar.

Quase 15:00 pensei que não estaria aberto, mas para a minha surpresa e fome conseguimos encontrar e sentar logo de cara. Ai começam as curiosidades. O Uo Katsu é um restaurante com cara de peixaria que passa desapercebido se você não sabe da sua existência, isso porque a entrada é uma discreta porta sem letreiro, com mesas comunitárias. Isso mesmo, mesas comunitárias. Acontece da seguinte maneira, uma mesa que comporta 8 pessoas pode ser ocupada por 8 pessoas que não se conhecem ou por grupos. Aumenta a rotatividade do lugar e evita a espera. E olha que o lugar bomba de gente!

O cardápio funciona da seguinte maneira: somente a la carte os sashimis são pedidos por gramas e no mínimo de 50 g, os sushis até certa hora (senão me engano até as 14:00) podem ser pedidos por unidade e após esse horário tem a pedida mínima de 4 unidades. Além de ser uma perdição para quem aprecia comida japonesa o cardápio tem peixes que dificilmente são encontrados em outros restaurantes.

Começamos com uma sequência de sashimis. Anchova negra defumada (R$ 9,00), Serra (R$ 6,00), Carapau vermelho (R$ 6,00) e Salmão (R$8,00). Todos esses preços referentes a 50 gramas. Bem frescos!

Na sequência de sushis pedimos Negui Toro (arroz com suflë de atum), Tropical (suflë de salmão enrolado com salmão), Kyuri Maki (salmão marinado e kani enrolado no pepino), Massago Maki (sufle de atum com ovas de arenque) e Hot Holl (empanado de salmão, kani, camarão, ovas de arenque e cebolinha). Que Hot Fantástico!!!

Os sushis variam entre R$ 1,80 e R$ 8,50 a unidade, depende da raridade dos ingredientes. Gastamos R$ 38,61 cada.

Mais uma curiosidade. Sempre quando algum cliente paga o serviço, seja os 10% ou algo a mais, a caixa grita: ”caixinha” e todos os atendentes agradecem.

Dica: veja aqui as informações que precisa, já que não existe site, e VÁ CONHECER O LOCAL que virou um dos meus preferidos para a culinária japonesa.

Endereço: rua Manoel da Nóbrega 1180, Paraíso. (Quase em frente ao ginásio do Ibirapuera). Funcionamento: terça a sexta-feira das 10:00 às 18:00 e sábado das 10:00 às 16:00. Telefone: 3887-9426.

”Caixinha!!!”


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.